Deve tomar banho com os seus filhos e andar nu à frente deles?

Escrito em em Novembro 4, 2018

É comum haver a opinião de que o nu perante os filhos é um gesto de liberdade e de confiança… Mas eu não tenho a mesma opinião. Descubra porquê.

O lidar com o corpo depende da cultura. Por isso a forma e o quanto as pessoas mostram a sua nudez aos outros varia com o lugar e o tempo que vivem. Olhando fotografias de praias no início do século passado, rimos com os fatinhos de banho usados naquele tempo, que tanto contrastam com fio dental usado hoje em muitas praias, especialmente as que estão mais na moda. As mini saias seriam uma ofensa moral em muitas culturas que reclamam inclusive o uso de um véu a cobrir a cabeça das senhoras. Em muitos lugares do mundo, mesmo na praia, as mamas das senhoras devem estar minimamente cobertas enquanto noutros lugares o nudismo é uma realidade. E por ser cultural é comum escutarmos ou lermos a opinião de que o nu perante os filhos é um gesto de liberdade e de confiança, alguma coisa como o ultrapassar de preconceitos.

Não tenho a mesma opinião. O que acontece em público ou em privado tem leituras diferentes, e especialmente no que respeita à relação entre pais e filhos o privado deve ser sempre olhado com mais atenção, pois a mente da criança e do jovem é diferente da do adulto. 

Depois dos cinco ou seis anos, todas as crianças têm curiosidade sobre o corpo dos outros, uma curiosidade que lhes serve para conhecerem e entenderem o seu próprio corpo. Olhando o corpo de outras crianças da mesma idade têm um espelho do seu próprio corpo. Mas olhando o corpo dos pais têm um espelho que as diminui.

O pénis do pai é claramente maior do que o do menino. As mamas da mãe são claramente mais bonitas do que as da menina. Mais tarde, após a puberdade o corpo adolescente está carregado de energia sexual ainda sem grande filtro, e a tensão dirigida aos pais resulta carregada de culpa e de angústia.

Por tudo isto me parece que, se no público, por exemplo numa praia de nudismo, se pode viver aquela tranquilidade que é liberdade e confiança, no privado do tomar banho com os seus filhos e andar nu à frente deles em casa pode, e deve, ser evitado por poder ser desconforto 

(publicado originalmente na revista “Cristina”, em outubro de 2015)


Tagged as , , ,



Comentários

Deixar um comentário

O seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios marcados com um asterisco (*)