Relacionamento pela Internet

Escrito em em Outubro 7, 2018

O relacionamento sexual e erótico através da Internet veio despertar a nossa libido. É claramente o reino do imaginário… O problema é quando se fica apenas no reino do imaginário…

O relacionamento escrito, através da Internet, não é uma novidade. E é cada vez mais usual. É mais fácil escrever para outra pessoa que está online do que estar propriamente com essa pessoa, cara-a-cara, e ver o brilho no olhar, a expressão ou até sentir o cheiro.  

Este relacionamento sexual e erótico através da Internet veio despertar a nossa libido. Este é claramente o reino do imaginário, o que é muito positivo. O problema ocorre quando se fica apenas no reino do imaginário. 

Chamamos muitas vezes a atenção para o imaginário, que é importante promover a criatividade no sexo e fantasiar, mas não se pode cair no extremo e ficar apenas no imaginário, que é o que se passa no sexo pelo computador ou sexo virtual. Muitas pessoas descrevem o sexo pelo computador como o reino do imaginário e o medo relacional, pois nunca têm de se confrontar, na realidade, com outra pessoa.  

A grande função do sexo é promover a intimidade; nestes casos, para estas pessoas, isso perde-se. Existe uma intimidade, ao escrever, mas é fantasiosa, não é real. A intimidade que se proporciona com o sexo serve para se criar um vínculo entre duas pessoas, para que, noutras situações da vida, essas pessoas possam tirar partido desse vínculo, para se acompanharem e protegerem mutuamente.  

O sexo virtual é óptimo para desinibir, promover a criatividade e as fantasias, mas, é necessário, para que se concretize na sua totalidade e preencha a sua função, que depois haja também “sexo tradicional”, presencial. Ainda que o sexo pelo computador possa ser um bom veículo, tem-se observado que as pessoas com mais medo em relacionarem-se com outras são as que mais praticam este tipo de sexo, como refúgio. 

Outro aspecto positivo sobre o sexo virtual é o de “encurtar a distância”, por exemplo, daqueles casais que têm um relacionamento íntimo e são obrigados a viver distantes um do outro, duas semanas ou mesmo um mês.  

Mas quem se ama vive junto, cheira o cheiro do outro, sente o toque do outro não está distante muito tempo e se optam por ficarem distantes muito tempo, melhor seria separarem-se, reformularem os seus projectos, eventualmente com outra pessoa fisicamente presente.


Tagged as , ,



Comentários

Deixar um comentário

O seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios marcados com um asterisco (*)


Continuar a ler