Os casais devem ter cuidado com os hábitos…

Escrito em em Junho 7, 2018

Se os casais querem ser mais felizes, é preciso um esforço activo e permanente para aprender novos hábitos.

Recentemente estive à conversa com um casal de quem gosto muito. Somos os três praticamente da mesma idade e conversávamos sobre a dificuldade de os homens mostrarem carinho às mulheres.

O meu amigo apresentou-me uma explicação muito interessante. Dizia ele que, no início do namoro, quando fazia uma festinha ou tentava dar um beijinho à namorada, actual mulher, ela alertava-o para a sogra e para o sogro. Mais tarde, já casados, ela alertava-o para a presença do filho ou a presença da filha. Foram muitos anos no mesmo registo, e hoje, o máximo que ele consegue fazer é dar-lhe um beliscão ou um pequeno toque no ombro, afinal, o que qualquer homem pode fazer a outro homem sem recear a crítica social de outras pessoas.

É claro que a minha amiga sente a falta de um miminho e de uma festinha… Enfim, algo que o marido dela, o homem com quem escolheu casar, seja capaz de mostrar publicamente que sente por ela mais do que o que sente por um qualquer amigo.

Acho que ela tem toda a razão. Mas então, e depois de tantos anos de alertas, eles, como tantos casais em Portugal, precisam de aprender novos hábitos, sem medo dos olhares de sogros, de filhos, da PIDE ou da religião. E como é mais difícil aprender a fazer diferente, do que aprender pela primeira vez, aqui fica a minha chamada de atenção para a necessidade de um esforço activo e permanente, se queremos ser mais felizes. E desde o primeiro dia. É verdade que cada comportamento humano está cheio de cultura, e que esta é muito forte, pois é o resultado de milhares de anos de história. Mas o que nos traz tristeza no futuro, deve ser pensado e alterado.


Tagged as , , ,



Comentários

Deixar um comentário

O seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios marcados com um asterisco (*)